São Caetano sai na frente, sofre virada e decide acesso no Anacleto Campanella

Com a derrota, Azulão precisa de uma vitória simples no jogo de volta para avançar à semifinal.

 

 

(Ribeirão Preto, 11 de outubro de 2015) - Valendo o acesso à terceira divisão do nacional, o São Caetano enfrentou o Botafogo na noite deste domingo pelo primeiro jogo da fase da quartas de final da Série D do Campeonato Brasileiro. Atuando no Estádio Santa Cruz, em Ribeirão Preto, o Azulão saiu na frente com Daniel Costa, mas o clube de Ribeirão Preto fez valer o fator casa e venceu o duelo por 2 a 1.


O jogo


Mesmo atuando longe dos seus domínios, o time do ABC apresentou no primeiro tempo um futebol envolvente que o torcedor está habituado a acompanhar neste ano.


Sem precisar de muito tempo, os comandados de Luiz Carlos Martins quase inauguram o placar com menos de um minuto de partida. Em linda jogada pelo lado esquerdo Jô avança, passa pelo goleiro Neneca e finaliza, a bola é salva em cima da linha pelo zagueiro Caio Ruan.


Já o time da casa responde aos 12 minutos em cruzamento de Diego Pituca na direção de Nunes, que se estica todo para cabecear. Saulo faz boa defesa, mas a arbitragem assinala o impedimento do centroavante na sequência.


Melhor na partida, o Azulão inaugura o placar aos 28 minutos. Jô avança novamente pela esquerda e cruza. Neneca realiza o corte parcial e no rebote Daniel Costa finaliza com categoria para fazer 1 a 0, e o seu primeiro gol pelo clube.   
 

Aos 45 minutos, o Pantera por pouco não empata. Após escanteio cobrado por Daniel Borges, Mirita cabeceia e obriga Saulo a fazer grande defesa.


2° tempo
 

Disposto a empatar o confronto na etapa complementar, o Botafogo possui uma penalidade bastante polêmica ao seu favor, logo no início, em lance de Bruno Recife com Nunes na grande área. O próprio atacante executa a cobrança, mas Saulo realiza o verdadeiro milagre e com a mão trocada defende o chute. O São Caetano, por sua vez, responde aos 13. Esley enfia linda bola para Neto, que tira de Neneca e acerta a trave do Pantera.


No lance seguinte, a equipe de Ribeirão Preto empata o duelo aos 14 minutos. Após cobrança de escanteio de Vitinho, César Gaúcho deixa tudo igual de cabeça.


Já aos 29 minutos, novamente em lance de bola parada, o Botafogo vira o placar. Depois de falta cobrada por Vitinho, Caio Ruan sobe mais alto que a defesa do São Caetano e testa forte para o fundo das redes.

Nos momentos seguintes, poucas oportunidades acontecem e o duelo termina com a vitória do Botafogo por 2 a 1. Com esse resultado, o São Caetano precisa de uma vitória simples para avançar à semifinal na partida de volta.


A sequência


São Caetano e Botafogo voltam a se enfrentar na próxima sexta-feira (16), às 19h, no Anacleto Campanella, pela segunda partida das quartas de final. Nesta oportunidade, a campanha “Futebol Sustentável”, organizada pela Federação Paulista de Futebol, juntamente com o Azulão, estará de volta e, com isso, duas garrafas pet podem ser trocadas por um ingresso.


Ficha técnica:

Botafogo 2x1 São Caetano
Local: Estádio Santa Cruz
Gol: Daniel Costa, aos 28 minutos (São Caetano); Cesar Gaúcho e Caio Ruan, aos 14 e 28 minutos (Botafogo); 
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza;
Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Junior e Alex Ang Ribeiro;

 

Botafogo

Neneca; Daniel Borges, Caio Ruan, Mirita e Diego Pituca; César Gaúcho (Dudu), Rodrigo Thiesen, Samuel Santos e Vitinho (Baratella); Francis e Nunes (Jardel).


Técnico: Marcelo Veiga


São Caetano

Saulo; Angelo, Júnior Alves, Sandoval e Bruno Recife;
Leandro Carvalho (Eduardo Luiz), Esley (Xuxa), Neto e Daniel Costa (Arthur); Robson e Jô.


Técnico: Luiz Carlos Martins

Assessoria de imprensa
assessoria@adsaocaetano.com.br

Please reload

© 2018 A.D. São Caetano

ACOMPANHE:

  • YouTube - White Circle
  • Twitter - White Circle
  • Facebook Clean
  • Instagram - White Circle